Destaque Galeria de Fotos Notícias

Novembro Azul

Secretaria municipal de saúde e prefeitura de Frei Paulo realizam ações no Novembro Azul

A prefeitura de Frei Paulo, secretaria municipal de saúde e equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF), estão realizando atividades de orientação, conscientização e prevenção do câncer de próstata.

Durante muito tempo, o único exame utilizado para detectar alterações na próstata era o exame de toque retal, realizado como tentativa de identificar áreas irregulares ou endurecidas na próstata, pois é justamente nesta área da glândula, alcançada através do reto, que começa a maioria dos cânceres. O exame é rápido e indolor. No final nos anos 80, a utilização dos exames de PSA e a ultrassonografia transretal começaram a crescer.

PSA (antígeno prostático especifico) é uma proteína que só a próstata produz e que se eleva muito no caso de câncer. Na maioria dos homens os níveis de PSA se encontram abaixo dos 4ng/numberamel (nanogramas por milímetro), mas o câncer de próstata pode aumentar esta taxa. Se o nível do PSA está entre 4ng/numberamel e 10ng/numberamel há uma chance em quatro de surgir um câncer de próstata; se o nível estiver acima de 10ng/numberamel as chances de ocorrer o câncer vão subindo.

Ainda que o exame de toque retal seja o mais temido e rejeitado pelos homens devido aos preconceitos, o mesmo ainda é muito eficiente no diagnóstico precoce das alterações da próstata. No Brasil aproximadamente 20% a 40% dos casos são diagnosticados na fase inicial. Não significa que um exame exclua o outro, muito pelo contrário eles se complementam.

Após a comprovação positiva de câncer outros exames podem ser necessários como Biopsia, Cintilografia, Tomografia computadorizada, Ressonância magnética (MRI), Radioimunocintilografia (ProstaScint), Biópsia de gânglio linfático, Biópsia cirúrgica, Laparoscopia, Biopsia por aspiração com agulha fina (BAAF). A necessidade de um exame ou de outro vai depender da orientação medica, extensão e tipo do câncer, estado do paciente, forma de tratamento combinada entre médico e paciente, entre outros.

Além de distribuição de canecas, também era explicado a importância dos exames preventivos. O enfermeiro João Menezes esteve acompanhado dos agentes de saúde, em órgãos públicos.

O prefeito Anderson de Zé das Canas apoia as ações que estão sendo realizadas.

” Nós homens temos que deixar o preconceito de lado e cuidar mais da saúde, neste caso os exames preventivos de próstata. Não seja careta, previna-se!” disse o prefeito.

Deixe um Comentário